quinta-feira, 14 de junho de 2012

se tudo fosse festa
o poeta ia morrer de tedio
ia cansar dos patios
ia querer um coração partido
e uma noite fria
... um pedacinho de incompletude
e um ou dois gestos rudes
se tudo fosse festa...

Um comentário:

Pseudo Sereia disse...

Veja e espere melhores posts ao longo do tempo.
pseudo-sereia.blogspot.pt