domingo, 21 de junho de 2009

eu sou tua cannabis sativa
me fume sempre que quiser

fuma-me dinemente nessas horas verdes
e aos teus pés nenhum sentido

e todos os sentidos do mundo
holofotes inversos de nós
e do que é
e do que não

(Vivaldo Simão)

Um comentário:

vinicius disse...

eita porra, esse foi varada!