segunda-feira, 30 de março de 2009

Ao menino e suas pedras de crack

Vindo em sentindo contrário ao meu , um menino magrinho com a poeira da cidade em seu corpo , olhos vermelhos e um autoritarismo na voz (de quem perdeu tudo e a voz foi a única coisa que restou)

- Me dá uma folha do teu caderno!

E o que era uma folha diante dessa cena?Nada . No instante seguinte ele tem a folha. A curiosidade de alguns fala mais alto e a voz aparece :

- Pra quê tu quer essa folha menino?

Ele com a voz alta (e ainda meio infantil) fala e mostra as suas pedrinhas de crack.

Provável é que se não tivessem feito a pergunta ,nem me me lembraria disso agora.Mas pergunta e resposta me fizeram pensar : o que eu poderia ter feito para ajuda - lo ?
Deveria ter pago um lanche , dar uma lição de moral e não entregar a folha , ou falar dos benefícios da escola e do trabalho ( benefícios esses que ainda não me convenceram) ? De tudo que pensei a melhor alternativa que vi foi auxiliar ele com dinheiro para compra de mais alucinógenos...

Por que a realidade de quem olha é tão mais fácil e hipócrita...

(by Ariadne)

2 comentários:

Lucas C. disse...

e mostra as suas pedrinhas de crack.

ele mostrou foi?

;O



kkkkkkkkkkkkkkkk

dine disse...

foi lucas e foi tu q perguntou o q ele ia fazer...