segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Crescera em um mundinho bem "real" ,sabe?! Quanta alegria os pais sentiram: uma menina daquelas que só usa rosa ,laços nos cabelos,vestidos e sapatinhos impecáveis e quando mais velha ,vê semente aqueles filmes de comédias românticas.Beleza é fundamental,chegava muitas vezes a pensar ser para ela tanto luxo e cuidado,enganara-se, os enfeites eram para melhorar a aparência do produto!A mãe?Ah,como tinha orgulho do seu anjo,ensinou tudo: bordado,cozinhar,arrumar a casa ,servir o marido( e saber tudo isso não é pecado mas comece a rezar se você for somente isso).Se sentia feliz,capaz ,como era ingênua nossa menininha,não sabia onde esses ensinamentos iam levar,quando criança não podia brincar na rua, imaginem misturar tão bom produto com outros que não valem nem a embalagem?!Enquanto o mundo lia Sartre,Gullar,Hesse ,só chegava em suas mãos revistas de horóscopos ou fofocas,as cidades fervilhando de informações mas o único livro que saltava aos olhos era o de um vampiro apaixonado por uma mortal.Ah ,e ela se via ali ,nos braços do vampiro ou nas revistinhas femininas.Acontecimentos e histórias marcantes no século XXI e a menininha fazendo testes "ele me ama ou não?". Curso em universidade?Sim,pensava fazer,até porque todo mundo faz mas nem sabia qual curso ia escolher... e como o mundo são fios interligados,vez ou outra aparecia alguém falando de cinema,música ou mesmo política,se perguntava :
- Céus , o que eu tenho haver com isso?
Até tinha assuntos mas esses eram sobre festas e sobre amores platônicos(ou não). E eis que chega ,vejam só:alguém que para ela era um príncipe,mesmo que fosse um imbecil não saberia reconhecer a diferença,no mundo onde foi criada só existia finais felizes.Acreditou ter encontrado amor,achava ser o único ser importante e portador de sua felicidade aquele homem,não demorou muito e se casaram.Viveram felizes para sempre?Uma gargalhada aqui seria bem propício.Felizes?Não posso responder,a certeza é que depois de trocadas as alianças ela teria um encontro com a realidade e nem sempre tudo vem pintado de rosa.
(Ariadne)

9 comentários:

Mariah disse...

dizem que os filhos são para a vida...que nós (os pais) só temos a responsabilidade de prepará-los. o problema é que ninguém prepara a gente para ser pai.

Mariah disse...

quanto a sua pergunta lá na Casinha:
sim...é de Clarice Lispector!

Luiz Gomes disse...

"Enquanto o mundo lia Sartre,Gullar,Hesse ,só chegava em suas mãos revistas de horóscopos ou fofocas,..."

Eu soltei uns risinhos nesta parte!

.Leonardo B. disse...

[sabe bem passar por este caminho do mundo, Ariadne, a tua esplanada obriga-me sempre a um tempo, um espaço, um segundo mais... aqui, estou!]

um imenso abraço

Leonardo B.

Arlequim disse...

e nem sempre é tudo tão cinza.. rs

Fernanda Paz disse...

O chato é que os valores estúpidos de hoje caem como uma bomba aos que não tem como se defender deles.

priscylamendes disse...

Com certeza,é muito mais fácil educar dessa forma do que mostrar a realidade ;**

Punk disse...

:)

ViniciuZ disse...

Porra! Eu nunca entendo as coisas como os outros.. Me lembre deste texto na calçada, ok?