quarta-feira, 22 de julho de 2009

Somos arquietípicos,
ridículos, etéreose
nunca comuns.
comuns são os casais,
nós não somos nada.

(Fernanda Young)

Um comentário:

airlon disse...

ser comum não tem graça mesmo... palavras de um estranho! Bjo moça, saudações musicais e apareça sempre!

APS