sexta-feira, 9 de abril de 2010

Eu amei você como quem ama uma rosa,
nunca esqueci que existia espinhos...
(Dine)

2 comentários:

Ahh...Line. disse...

Dine querida: adorei.

Punk disse...

Bolas...Tremendo!
Mas sem espinhos também não valeria a pena...