quarta-feira, 21 de abril de 2010

Sem ele
mas sem
ele,
não há nem
eu...

2 comentários:

Ahh...Line. disse...

isso soa tão patético... mas é tão intenso sabe... é verdade, caralho né?!

dine disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk concordo!