quarta-feira, 28 de abril de 2010

Entre os outros e você

Semana passada se não me engano vi um post do Marcelo Mayer que martelou um pouco em minha cabeça.Falava da relação escritor-leitor.Muitos pensam que um blog é uma espécie de confessionário e ao ler acham que tudo ali escrito e real,autobiográfico.Céus, e onde está a imaginação do cara que passa peso e poesia pro papel?Até acho que de certa forma tudo que alguém escreve está intimamente ligado a sua personalidade pois se escreve sobre coisas que saltam aos olhos e juízo,ou porque gostamos ou por acha-las tão absurdas que merecem ser discutidas.Porém,pra bagunçar,sempre vem um leitor com seus comentários: "nossa que chato isso que aconteceu com você" , " esquece ele amiga" , "ela nunca te mereceu mesmo". Escritor e Leitor,relação difícil essa.Eu por exemplo,conheci autores com textos excepcionais mas quando fui falar sobre as coisas escritas,parecia que suas ideias morriam ali no papel,seus textos não pediam comunicação com o mundo,apenas letras derramadas em solo branco.Desde então me interesso por textos e não por autores,quando leio algo,o vejo como um orfão,não penso em seu pai.Mas nem todo mundo é assim e o pior é que quase sempre não se tem a sensibilidade de perceber o que é real,ficção ou autobiográfico,assim fica chato ,alguns tentando traçar o teu perfil psicológico só pra poder depois te dar um conselho...


(Ariadne)

3 comentários:

Andarilho disse...

Essas são as dificuldades em possuir um blog legal. Alguns lembram do fotolog, que entram no fotolog das pessoas e só escrevem um "legal essa foto, passa no meu e comenta". ¬¬ Não acho que blog tem que ser tratado como o "quem tem mais comentário", ou o maior numero de visitas e sim o que o texto está passando, os sentimentos, as discussões daquele texto!

Alisson Soares disse...

uma vez li um texto sobre semiotica e nele dizia basicamente sobre a distorção no entendimento ao se ler um texto,falando sobre o analfabetismo,e que pela falta de uma base teorica ou prla má formação didatica os brasileiros(com algumas exessões) não conseguem absorver a ideia real que o autor quis passar e na maioria das veses distorce a ideia central e conseguem supor algo que o autor nem tinha pensado,interpretam aquilo que desejam do texto ou poesia...esse seu texto me fez recordar isso,esse texto sobre a semiotica,não sei se consegui explicar, o tema 'semiotica é muito complexo'...

Isaque De Moura. disse...

Como futuro psicanalista, digo: o blog é uma revelação do id. Ou uma tentativa de ocultá-lo. No fim das contas, fica apenas uma resposta: "Não fode!"