domingo, 4 de abril de 2010

O meu poeta não me
faz de musa,nem me
prende com algemas
ou em suas metáforas do absurdo
O meu poeta não me amarra em camas
ou em versos
Usa e abusa mas
não consegue acertar o alvo
O meu poeta não conhece terno e gravata
nem os mistérios de se usar um relógio
É o louco que grita pelas ruas em dias de
domingo suas meias mentiras
Ele não me prende
mas com as algemas soltas - rende...

Dine

4 comentários:

6son! disse...

rende os versos a ti.

Katrina disse...

queria encontrar um poeta assim

Eu, Thiago Assis disse...

talvez sem que saiba, a musa está presa, e mais do que louco, o poeta em questao é esperto..


www.euthiagoassis.blogspot.com

Alisson Soares disse...

legal,tambem vou te seguir.rs
'quem não quer viver livre ou preso ,mas livre'?