sábado, 4 de abril de 2009

Felicidade e sucesso por regra

Chegamos a um ponto que a felicidade é uma lei , uma obrigação e sendo assim , vira um sacrifício. Paradoxal não?
Recorremos a ambientes fechados, a inúmeras compras e tentamos loucamente estar em um padrão.É estranho , muito estranho que cada vez mais a maioria de nós caminhe em direção a um abismo.Enfiam na cabeça de todos que se precisa de dinheiro e diploma,seja lá de que curso for.Põem todos em uma corrida pelo "sucesso" e nessa corrida , se perde a identidade.Quando percebemos estamos formados em algo que muitas vezes não gostamos , ganhando dinheiro com um nome de vencedor estampado na testa e o vazio de não saber o que realmente somos e queremos.
E me diga , como um vencedor pode não ser feliz?Acaba-se quase sempre é virando uma espécie de espectador da própria vida. O mundo criou uma expectativa tão grande que não se pode decepcionar, então...acaba - se por entra no jogo : compramos carro zero , insistimos no casamento,vamos ao shopping e falamos amenidades (ou tratamos assuntos da realidade como se fossem ficção), gastamos rios de dinheiro no psicanalista atrás da resposta da pergunta


quem sou eu?

Um comentário:

Beatriz Maria disse...

Uma facada no meu peito esse texto...graças a mim não faço parte da maioria que se pregunta qm é? Eu já me descobrir..e como eu disse hj pra q melhor cantar musicas que vc gosta em meio de vários homens!?hahahaha
bjus