domingo, 19 de abril de 2009

Não temos preconceito


Faz quatro anos botei um piercing , meu pai foi comigo e filmou todo o procedimento. Ele me dizia " isso é mutilação do corpo minha filha!" Fazia uma cara como se eu estivesse arrancando um pedaço do braço. No dia , confesso , não liguei muito para as preucupações de "mutilação" , apenas pensava ser uma preucupação do tipo " e quando ela for procurar emprego,como vai ser?"
Tatuagens não tenho , mas são dez furos na orelha , uma transversal e um piercing e eles não me fazem ser melhor ou pior , não passei a ser uma deliquente ou coisa do tipo por causa desses apetrechos . Lógico que sempre aparece alguém para perguntar se doeu ao colocar , se machuca ou para fazer alguma relação deles com o meu gosto musical , no entanto , pensava que o assunto não tomaria maiores proporções.
Ultimamente andei reparando a hipocrisia do mundo cão em que vivo , se dizem muito "pós - modernos" e abertos a outras idéias e um simples piercing nos mostra no século XXI pensamentos condizentes a muitos anos antes. Costumam dizer " que bonito ,uma pena que eu não tenha coragem de colocar em mim" , "fica bom nos filhos dos outros , os meus não são loucos de colocarem" , acaso isso não é preconceito? É pior, é preconceito travestido de liberalismo. Dizem não julgar , é so perceber os olhares e as frases ditas , um piercing incomoda mais que um ladrão de terno e gravata.
Sim , eu fico constrangida com alguns pais de amigos e pessoas com suas críticas estampadas no rosto porém já faz um tempo eu escolhi fazer o que me interessa , não se pode viver para os outros se isso anula suas percepções e gostos . Estou a falar do piercing porque ontem ouvi comentários ,não maudosos mas inesperados...
O meu piercing vai bem, alias , bem melhor do que os maridos que espancam suas mulheres , bem melhor que as familias que escondem o filho viciado para não passar vergonha ou que fingem ser felizes e são só memorias do significado de familia, melhor que os deputados,senadores e outros corruptos, melhor que esses menininhos de classe média que pensam poder fazer tudo só por possuirem dinheiro. E fazem vista grossa para todos esses fatos , talvez seja por nenhum praticante das acções citadas usarem piercing
(Ariadne)

8 comentários:

Daniela disse...

caaaaaaara eu amei
e os cabelos... aí que piora tudo
(imagine se tivessemos tatoo)

;T

ana jessyka disse...

A solidão já me esclareceu muitas coisas...

Sobre o seu texto,adorei viu:D
Expressa tudo o que eu penso também,vivo um situação parecida,meu irmão fez uma tatoo e minha mãe já chorou,se zangou de tudo jeito aqui e ainda hoje fica falando sobre isso.Algumas coisas ditas em seu texto,eu repito todos os dias pra ela.
;*

Punk disse...

Muito bom!

Qd fui tatuar o meu braço, fiquei surpreendido qd o tatuador me diz que escolhi bem o sitio, pq assim a manga da tshirt tapava e não iria ter problemas no trabalho...

Como é possivel que ele fosse o primeiro a de alguma forma ceder ao preconceito???

Moça do Fio disse...

Eu não uso piercing porque sou meio fresca mesmo, admito. Mas e quem usa? Concordo quando você diz que nossa sociedade torce o nariz para quem tem um estilo alternativo e faz de conta que não vê, e até aplaude, um ladrão que usa roupa de marca e sai de carro importado.

Não sei onde isso vai parar, não sei quando vai parar, mas eu quero que pare. Que pare... pare, pare. Pare.

Jhessica disse...

eu tenho 7 furos nas orelhas :x

o preconceito existe de todos os lados, seja com qualquer pessoa, de qualquer tipo..
isso é "normal" no mundo em que vivemos...
mensalão é normal!! e...esta tudo certo...


euadorei!!
beiijo!! :**

Punk disse...

:D

Sim, sítio em Portugal quer dizer local...

(devia ter piada uma série de tv chamada "o local do pica-pau amarelo")
ehehehehehehehhe

6son! disse...

foi um senhor desabafo!parabens

piercing,cabelos...enfim.."se o eu sou foi o que eu escolhi ser aceito a condição".

menti por 5 anos sobre os meus piercing,dizia que "pregado"(kkkkkkkk)...+ ontem fui na moral c/ ela e pedi p ela comprar um pra mim,ela pensou q era brinco de orelha e comprou ,mas qndo chegou em ksa,perguntou onde tava o brinco...e eu aki mae..aki onde??no meu nariz..ela..esse tranco é ai??eu é..coisa de doiido..

enfim...vamô q vamô

ainda bem q vc foi c/ o seu pai!

=]

Giovanna Jael disse...

Senhor Desabafo! [2]

Bom ler algo que vem de Ti Ariadne!

saudades!!

=)