sábado, 25 de abril de 2009

Muito barulho por nada...

E no dia que o professor apagou todo o quadro,rasgou todos os cadernos e falou:



- Hoje vocês podem escrever por contra própria !

Eles abaixaram a cabeça e um silêncio mortal invadiu a sala.Durante anos aprenderam apenas a copiar. Era ridículo alguém querer que eles tivessem
idéias próprias.


(Ariadne)

Um comentário:

Moça do Fio disse...

Estamos acostumados ao sistema. E por mais que ele nos incomode e vá paulatinamente podando nossas ideias e maneiras, é mais fácil viver tendo alguém que nos diga o que é certo e errado.

Tomar atitudes por conta própria exige força, personalidade. E nem todos estamos preparados para dar a cara a tapa e dizer "Fui eu" (mesmo que o resultado seja uma porcaria).

Nesta sociedade - não utópica - em que vivemos, não existe cota para o recebimento de oxigênio no cérebro [ mas existe para ingressar na Universidade ] . Somos "livres".
Mas existe o Código Civil, a Constituição. Não há como fugir do Sistema. Há aqueles que burlam, mas não há como burlar para sempre.

Tsc. Parei.