sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Ele era autoritário e dócil ao mesmo tempo e ninguém pode com pessoas assim!Queria tudo pra si . Não dava tempo e sim correntes, pensava que ao aprisionar ou fazer cena na hora da partida as coisas e as pessoas simplesmente não se afastariam . Acertou e errou necessariamente nesta ordem pois não foi capaz de perceber imediatamente que as chantagens eram toxinas , em alguns dias ,tudo morrera!


(Ariadne)

3 comentários:

airlon disse...

'autoritário' e 'dócil' parece bem heterogêneo pra mim! Mas se vc diz que alguém conseguia reunir essas duas qualidades, não vou duvidar...

ah, a possibilidade da gente já ter se esbarrado pelo Teatro, Boca da Noite, Noé Mendes, Raízes e tal, deve ser bem grande! Bjo, saudações musicais!

APS

Relativizando Absurdos disse...

tudo morrerá...tudo acaba assim...por isso, a gente devia viver mais e reclamar menos!

Beijinhos

Por Samara Correia

priscylamendes disse...

As pessoas são surpreendentes!
incluse essa citada no texto.

Beijoss