quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Sim,eu sinto a corda bamba na qual estamos(estamos=expanda tal expressão)

2 comentários:

Gomes, Luiz. disse...

Na qual estamos bambeando em cólera.

Punk disse...

Dançar na corda bamba
Não é techno não é samba
É a dança do ter e não ter
É a dança da corda bamba