terça-feira, 15 de setembro de 2009

Se eu espremer ele sai suco ? Se fritar sai óleo ? Dá pra comer cozido ? Dá pra baixar a febre ? Da pra curar gripe ? Dá pra curar o câncer ?

Um poema só serve pra gente se dizer! Quando a panela ta quente demais a água quer sair ,daí a gente abre a tampa pro ar escapar .Fazer poesia é destampar a panela pro vapor sair um pouco de dentro da gente . Não vá desencantar achando que o que esvreve não serve pra nada , se não servisse tanta gente que escreve durante tanto tempo já teria descoberto isso!

(Vivaldo Simão)

2 comentários:

airlon disse...

válvula de escape: cada um encontra a sua! Bjo, saudações musicais...

APS

bia_schull disse...

Vivaldo em sintonia com dine...huahuahuha
adorooo