quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Eu não tenho casa no mundo
mas tenho o mundo em minha casa
é a tal globalização
um globo inteiro de não ações
Eu não tenho um ninho pra chamar de meu
imbecilidade-normalidade-insanidade
não pertenço a esses lugares
(Deveria?)
Não consigo pousar na casa de nenhum joão -de-barro
ou chico (César,Buarque,Science)
Qual ave me pariu?
Não sei não sei
só sei que tem bicho vestindo terno e gravata que adora
cortar asas da imaginação , da arte , dos bem-te-vis
esses bichos tem uma anatomia bem parecida com a minha...
Será?
Será que sou um deles e ainda não percebi?
(Ariadne)

2 comentários:

Jhéssica disse...

"Qual ave me pariu?
Não sei não sei
só sei que tem bicho vestindo terno e gravata que adora
cortar asas da imaginação , da arte , dos bem-te-vis"

fOdásticoo!
[ou seria fadastico? usuahsauhs]

dinee ! s2

airlon disse...

eu encontro abrigo na casa de dois Chicos: o César e o Science. E sim, eu sou um deles! Bjo, saudações musicais...

APS